Você está preparado para o colapso da Previdência?

Pouco ouvimos falar, mais o Brasil está chegando, ou melhor, o Brasil já chegou em uma grande crise previdenciária. Sua aposentadoria está em xeque e muitas pessoas ainda não estão preocupadas ou sequer estão pensando nisso.

Hoje no Brasil somos aproximadamente 17 milhões de pessoas com mais de 60 anos, o que representa algo em torno de 9% da população. Em 2020 a expectativa é de que seremos em torno de 31 milhões de pessoas com idade superior a 60 anos, ou seja, passará de 9% para 14% da população brasileira. Só este cálculo simples já demonstraria que a previdência pode entrar em colapso se nada for feito na política previdenciária brasileira.

A previdência social arrecadou nos últimos anos cerca de R$ 122 bilhões, e mesmo assim, faltaram aproximadamente R$ 78,7 bilhões para fechar as contas. Acreditar que em alguns anos tudo será melhor e que teremos respaldo do governo para manter as 31 milhões de pessoas aposentadas é quase como dar “um tiro no escuro”. Você já pensou o que pode acontecer se a previdência social não ter mais dinheiro para pagar seus aposentados no momento em que você não puder mais trabalhar e precisar da aposentadoria do governo? Você está preparado para tirar seu currículo da gaveta aos 70 anos de idade e voltar a trabalhar para se manter juntamente com sua família?

A expectativa de vida está aumentando com o passar dos anos graças aos avanços tecnológicos de diversas áreas, e com isso a sociedade está alcançando cada vez mais uma maior longevidade. Será que o mercado de trabalho conseguirá absorver tantas pessoas com idade superior aos 60 anos junto ao restante da população produtiva?

Com os mais jovens entrando em seu primeiro emprego, temos que estar cientes de que esperar para viver da aposentadoria oferecida pelo governo em troca de seus “anos de contribuição” seria contar com um futuro incerto e muito duvidoso.

Faça sua parte, prepare-se e invista. Não gaste tudo o que ganha. Procure uma previdência privada ou qualquer outra forma de poupar e ter fontes de renda alternativa. Não conte apenas com a previdência oferecida pelo governo, se esperar demais poderá ser tarde e acabar ficando sem fundos suficientes para manter sua própria sobrevivência.

POR:

Juliano Westarp